Receita básica para verduras silvestres

Um quilo de verduras, 50 g de azeite, 30 a 40 g de farinha, de um oitavo a um quarto de litro de leite, nata ou leite coalhado, cerca de um litro de caldo ( água ou caldo de verdura)  eventualmente cebola ou alho porro.
As verduras muito picadas refogam-se primeiramente em gordura. Completa-se depois com água ou caldo. Mistura-se a farinha com o leite ou a nata e juntam-se as verduras. Cozem-se estos depois e temperam-se. Se se quiser, refogam-se com as verduras, cebolas ou alho porro muito picados.

Ou então:

As verduras silvestres cozem-se brevemente em água temperada de sal, com uma cebola e escorrem-se por um coador. Uma vez secas, picam-se ou trituram-se numa máquina e misturam-se com flor de farinha que se cobriu com água fervida e põe-se a cozer.

Ou ainda:

Aquece-se a manteiga e fritam-se nela as verduras cozidas e picadas; polvilham-se com farinha, enche-se com a água de cocção e põe-se novamente a cozer.
O melhor método de preparar as verduras silvestres cozidas e picadas é a fervura com pouca água, o que poupa tempo de cocção, conserva melhor as vitaminas e não faz perder o sabor. É claro que cada dona de casa tem de ir provando, até ficar a seu gosto, as diversas formas de preparação.

Mistura de verduras silvestres

Com urtiga, agriões, dente-de-leão, azedas, alface e tanchagem, aproveitando sempre as folhas tenras, pode preparar-se um prato de verduras semelhantes aos espinafres, de acordo com qualquer das receitas fundamentais.
As verduras silvestres devem lavar-se sempre com o maior cuidado.
Para as libertarmos de qualquer parasita, deita-se sal na água da lavagem. É só quando já estiverem suficientemente lavadas, que se devem picar as plantas, refogando-as com cebolas c demais ingredientes.

Um quilo de verduras silvestres mistas: três quartas partes de urtigas, tanchagem ou folhas de margaritas; uma quarta parte de azedas, dentes-de-leão, agrião ou bolsa de pastor; uma cebola, 50g de gordura, um oitavo de litro de leite ou nata, duas colheres grandes de flocos de trigo, centeio ou aveia, sal e condimentos.
Lavam-se as verduras imediatamente, escolhem-se e picam-se à mão ou mecanicamente. Refoga-se depois a cebola em gordura, juntando três quartas partes de verduras e voltando a refogar entre seis e dez minutos. Retira-se depois do lume, acrescentam-se as restantes verduras, assim como o leite e torna-se a ferver, juntando os flocos para engrossar e os enfeites à discrição.

Comentários