Mel

Mel

«Doce medicina». O mel é um meio de cura excelente no tratamento de feridas. Certa camponesa cicatrizou com mel a ferida supurante num joelho do filho. Perguntei-lhe por que não empregava nenhum meio moderno e garantido da farmácia. Sorriu pensativa e disse-me que as abelhas eram melhores químicas que os homens. Perguntou-me, por sua já observado que o mel não contém nenhum bacilo. Parecia muito segura do que dizia. Está hoje. demonstrado experimentalmente que o mel contem algum componente bactericida, embora não tenha sido possível até hoje conhecê-lo. Todos os tipos de mel possuem esta característica, por muito diversas que sejam as flores de que procedam. Portanto é possível que.

Agrião

Agrião

O agrião comum ou de poço (Nasturtium officinale) pertence à família das Crucíferas. Frequente nas fontes, regatos, solos encharcados, cresce espontaneamente, mas é cultivado nalguns locais. Pode confundir-se com o Sium Latifolium. umbelífera tóxica que também se dá nos cursos de água. Colhem-se-lhe as folhas de Fevereiro até o Outono. As folhas recolhidas antes da floração empregam-se cruas para saladas. Secos, os agriões têm um sabor indefinido. Composição e propriedades Os elementos activos até hoje conhecidos são: óleo essencial com teor de enxofre, vitaminas A, B, C e E, iodo, nitrato, um glicósido de óleo de mostarda (a gliconasturina que, decompondo-se, produz, entre outros elementos, um óleo essencial com óleo.

Ação das vitaminas

Ação das vitaminas

As enormes exigências orgânicas durante a gravidez e, sobretudo, durante o parto, impõem um grande consumo de vitaminas do grupo B, especialmente de vitamina B1, fator imprescindível para os processos químicos na transmissão de impulsos pelo sistema nervoso e no metabolismo muscular. O curso normal da gravidez e do parto está relacionado com a abundância de vitaminas, especialmente do grupo B e vitamina C. Na prática, está perfeitamente demonstrada a insuficiência da vitamina B e C nos casos de transtornos no parto ou de esgotamento durante o mesmo. Se, pelo contrário, se subministram grandes quantidades de vitamina, desaparece o esgotamento e as contrações são vigorosas e rítmicas, com o que.

Pimentos

Pimentos

O pimento (Capsicum annuum) também se chama pimento espanhol por terem sido os espanhóis que o espalharam por toda a Europa no século XVI. É originário da América tropical. Os frutos apresentam grandes diferenças entre si no que diz respeito à forma, tamanho, cor e especialmente pelo teor e classe do seu princípio activo, a picante capsaicina. Com o nome de pimento comum ou pimento doce conhece-se uma variedade de sabor suave, frutos de grande tamanho, verdes e muito saborosos, que se emprega como refrescante. Quando esta variedade chega à maturidade, o seu gosto torna-se picante. Outra variedade doce, de cor vermelho-escura, forma um esquisito prato podendo também comer-se crua..

Remédios sintomáticos do reumatismo

Remédios sintomáticos do reumatismo

Primeiro, foi antes de tudo o mais o ácido salicílico e seus derivados químicos e depois o piramidon que, só ou com outros calmantes, se empregava para combater as manifestações reumáticas. Têm, porém, efeitos secundários prejudiciais. Despertou grande interesse o específico irgapirina, em que se combinava o piramidon, de rápida eliminação, com a substância de expulsão mais lenta, a butazolidina. Conseguia-se, assim, um efeito analgésico e anti-inflamatório mais prolongado. Apareceu depois a cortisona, uma hormona supra-renal que primeiro se louvou como um verdadeiro portento. Sabe-se hoje que só é eficaz enquanto se consome e que, como efeito secundário mais grave, possui o de se opor à reação defensiva local do.