Vitamina C

Vitamina C

Designação química e função característica Acido ascórbico. Vitamina anti-escorbútica Modo de actuação A vitamina C é um transportador de hidrogénio necessário no metabolismo celular geral. E de importância para o aproveitamento de energia no funcionamento das cápsulas suprarrenais. Activa, também, numerosos fermentos e aumenta a força das defesas naturais contra as infecções. Neutraliza os tóxicos ou diminui-lhes os efeitos. Fomenta a capacidade de absorção de ferro e regula as funções da medula óssea. Além disso, é necessária para numerosas funções dos tecidos conjuntivos. É de igual importância geral à da vitamina B1 e tem, como esta, que desempenhar numerosas funções, no metabolismo celular. Fontes naturais A vitamina C encontra-se em.

Alimentação artificial

Alimentação artificial

Quando por diferentes razões se deve implantar a alimentação com o biberão, tem de ser feita com os maiores cuidados, necessários em absoluto para alimentar «artificialmente» a criança. Antes de mais, é necessária a mais rigorosa limpeza na preparação do alimento, assim como é necessário evitar toda a modificação necessária nas diversas espécies de alimentos a empregar. Toda a ciência de alimentação artificial consiste precisamente em tratar de conseguir uma alimentação a mais parecida possível com a natural. Emprega-se geralmente leite de vaca, mas também de ovelha e de cabra, embora esta última possa produzir anemia. Na composição comparada do leite de vaca e da mulher existem algumas diferenças, como.

Calendário de frutos de baga

Calendário de frutos de baga

Nome comum Nome latino Meses de colheita Possibilidades de aproveitamento Abrunhos Prunus Spinosa Julho a Outubro Sumo, produz boa geleia. Conserva (agridoce) Amoreira Rubus Fructicosus Junho a Outubro Consumo em cru, sumo, refrescos, sopa fria, compota, marmelada, geleia doce, conserva. Folhas em infusão. Arandos Vaccinium myrtillus Junho a Setembro Consumo em cru, sumo, bebidas, sopa, compota, marmelada, doce, conservas, pastelaria. Arandos Encarnados Vaccinium vitis idaea Julho a Outubro Consumo em cru, sumo, refrescos, sopa, compota, marmelada, geleia, doce, pastelaria, conserva. Berberis Berberis vulgaris Agosto a Outubro Compota, sumo, xarope, marmelada, geleia, conserva, substituto de sumo de limão difíceis de converter em geleia. Espinheiro Amarelo Hipporphae Rhamnoides Maio a Outubro Sumo,.

Vitamina B2

Vitamina B2

Designação química e função característica Lactoflavina. Riboflavina. Vitamina do crescimento. Substância de protecção. Modo de actuação Na adolescência, a vitamina B2 fomenta o crescimento e o aumento de peso. Como parte constituita dos fermentos activa a respiração celular. Juntamente com outros grupos de fermentos, os fermentos que contêm vitamina B2 participam nos processos de degradação e combustão dos açúcares e proteínas. O importante conteúdo de vitamina B2 da retina faz supor a sua importância para o bom funcionamento dos órgãos visuais. Fontes naturais Levedura, grãos de cereais, legumes, frutas, queijo, ovo de galinha, leite. Necessidades diárias no homem Homem:1.6-2.6 mg Mulher:1.5-2-0 mg Durante a gravidez:uns 2.5 mg Durante a amamentação:.

Regime nas diarreias agudas da criança

Regime nas diarreias agudas da criança

A diarreia habitual (gastrenterite) acompanhada de vômitos (dispepsia) das crianças apresenta-se geralmente como sintoma das infecções das vias respiratórias superiores, da infecção intestinal, da ma alimentação (diarreia por alimentação gorda ou amilácea) ou da hipersensibilização (alergias) ao leite de vaca. A primeira coisa a fazer é suprimir toda a alimentação e manter a criança 6-12 horas em dieta de infusões. Nestas 12 horas, podem juntar-se às infusões de macela 3 % de glicose, 0,3 % de sal e 100 mg de vitamina C. A partir das 12 horas estabelece-se uma dieta antidispéptica, composta especialmente de cenouras, macas, groselhas ou água de arroz. A partir do terceiro dia, inicia-se um regime.