Beterraba

Beterraba

A beterraba vermelha (Bela vulgaris cruenta rubra) é uma variedade de beterraba comum. A sua raiz grossa e carnuda contém um suco vermelho sanguíneo. Composição A beterraba apresenta um teor de hidrocarbonatos de 6 a 9%, figurando entre eles sacarose, frutose e rafinose; embora pese ao seu escasso teor em proteína (de 1.10 a 1,8 %), a verdade é que figuram nele os aminoácidos de grande valor biológico: asparraguina, glutamina e glucocola. e um excesso de bases, devido ao seu teor em potássio, sódio, magnésio e cálcio; também se conhece a presença de dois metais raros (rubidio e césio), cujo significado biológico ignoramos completamente. Há que ter também presente o.

Nozes

Nozes

Entre as plantas que produzem nozes (Juglandáceas) figura a nogueira (Juglans regia), árvore muito conhecida, de 10 a 20 metros de altura, que possui uma casca cinzento-clara que com os anos apresenta grandes rachas. A nogueira precede da Asia; ainda hoje existem enormes bosques de nogueiras no Himalaia. Pela sua grande capacidade de adaptação e suas poucas exigências quanto ao solo, tem sido introduzida em quase todos os países do mundo. O seu desenvolvimento é fácil, desde que se escolham para a sementeira variedades autóctones e acreditadas. Características e emprego como alimento O valor nutritivo completo supera o da carne de vaca com muita vantagem. 100 quilos de nozes contêm.

Grão-De-Bico

Grão-De-Bico

O grão-de-bico (Cicer arietinun L.) procede, provavelmente, da região oriental da bacia mediterrânica. Presentemente, é uma planta que se encontra largamente cultivada em todos os países mediterrânicos. Ainda não se conhece a data do início da sua cultura. Os primeiros dados seguros encontram-se em Teofrasto e Dioscórides. Hoje, pouco se cultiva esta leguminosa na Europa Central, mas o seu emprego está muito espalhado no Sul da Europa. Todas as partes da planta estão recobertas por uma curta e recta velosidade glandular que produz uma secreção viscosa que contém ácidos málico, acético e oxálico. Composição e propriedades As sementes, os denominados grãos-de-bico, conhecem-se facilmente pela sua forma. 100 grãos pesam cerca.

Erva-Cidreira

Erva-Cidreira

A melissa ou erva-cidreira (Melissa officinalis) pertence às Labiadas e encontra-se cultivada e subespontânea em todo o Portugal, sobretudo em terrenos montanhosos e nos bosques. Precisa de um lugar protegido, não muito seco, e de um solo nutritivo. A reprodução pode fazer-se mediante a semente em alfobres ou por espeques de raiz. São precisos de dois a cinco gramas de sementes para 100 metros quadrados de terreno. A germinação dura quase quatro semanas. Os rebentos novos plantam-se à distância de 30 X 40 centímetros. A plantação deve renovar-se de cinco em cinco anos. Antes de dar flor e em tempo seco e quente, cortam-se-lhe as folhas. Fazendo-o com frequência multiplica-se-lhes.