Prevenção do cancro

Prevenção do cancro

Todas as medidas destinadas a impedir a formação do cancro devem proceder de um princípio simples e claro que muitos médicos reconhecem hoje publicamente e que inspira a sua conduta profissional. isto é, que num organismo de metabolismo normal não pode produzir-se o cancro. Hã que procurar, portanto, conservar o nosso metabolismo o mais normal possível. Quem tiver compreendido as enormes possibilidades de uma alteração ou de um desvio do metabolismo, conforme se foi expondo nos diversos capítulos deste livro, também tem de considerar necessárias as medidas que reunimos a seguir para recuperar de novo a normalidade do metabolismo. 1-Ginástica matinal Diariamente, todas as manhãs, ao levantar, e como estimulantes.

Beringela

Beringela

As beringelas {Solanum melongena) são parentes próximos do tomate. Supõe-se que a sua pátria de origem foram as índias Ocidentais e cultivam-se hoje abundantemente no Sul da Europa e nos trópicos. Características e emprego Os frutos empregam-se para saladas, ou então fritos, cortados às rodelas, recobertos ou não. A polpa, de cor amarela-esverdeada, torna-se tão suave e delicada quando é cozida ou assada que se desfaz na língua. Contem apenas algumas fibras indigeríveis e tem um aroma agradável. No que diz respeito ao conjunto da sua composição nutritiva, é bastante parecida com a abóbora. Contém 1,3% de proteínas, 0,2 % de gorduras, 4,8 % de hidratos de carbono e 92.

Natureza da doença

Natureza da doença

Em termos gerais, a diabetes é uma doença do metabolismo, na qual o organismo não está em condições de assimilar o açúcar da alimentação. No intestino transformam-se em glicose todas as espécies de féculas ingeridas com os alimentos. A glicose procedente do intestino já não se transforma no fígado nem nos músculos dos diabéticos em forma de glicogênio, mas é simplesmente eliminada pela urina. A presença de glicose na urina é o sintoma característico da dita doença. Normalmente, o fígado acumula a glicose ingerida transformando a glicogênio, que, por sua vez, segundo as necessidades do organismo, e por estímulo da adrenalina, é decomposto de novo em glicose, sendo então queimada.

Vitamina C

Vitamina C

Designação química e função característica Acido ascórbico. Vitamina anti-escorbútica Modo de actuação A vitamina C é um transportador de hidrogénio necessário no metabolismo celular geral. E de importância para o aproveitamento de energia no funcionamento das cápsulas suprarrenais. Activa, também, numerosos fermentos e aumenta a força das defesas naturais contra as infecções. Neutraliza os tóxicos ou diminui-lhes os efeitos. Fomenta a capacidade de absorção de ferro e regula as funções da medula óssea. Além disso, é necessária para numerosas funções dos tecidos conjuntivos. É de igual importância geral à da vitamina B1 e tem, como esta, que desempenhar numerosas funções, no metabolismo celular. Fontes naturais A vitamina C encontra-se em.

Sono natural e narcose

Sono natural e narcose

Em princípio, os únicos meios seguros para fazer dormir os pacientes foram o ópio e, um pouco mais tarde, a morfina, extraída daquele. Por isso se considerou um valioso enriquecimento da farmacopeia a descoberta, em 1869, do hidrato de cloral, que permitia ao medico prescindir em muitos casos da morfina, que implicava o perigo nada despiciendo de provocar a habituação. A imensa maioria dos soníferos deriva de um reduzido número de combinações químicas que provocam o complexo efeito narcótico, ou seja, que o seu principal resultado é a paralisação do cérebro com perda do conhecimento. A seguir, tem lugar a paralisação das regiões mais profundas do cérebro. E esse desaparecimento.