Batata-Doce

Batata-Doce

Com toda a probabilidade é a América Central a terra de origem da batata-doce (ípomoca batatas), que pertence à família das Convolvuláceas. Cultiva-se hoje na maior parte dos países tropicais e subtropicais. É uma planta anual e herbácea de porte volúvel. A sua propagação realiza-se, como sucede nas balatas, mediante tubérculos. Composição e propriedades Os tubérculos, cujo peso chega a atingir quilo e meio, contêm um suco leitoso e grande quantidade de tanino, especialmente na casca, pelo que os tubérculos apresentam uma cor escura. O teor em amido varia muito, conforme o lugar de origem. Nos trópicos o teor em açúcares ( 10 %) excede o do amido (9 %)..

Espargos

Espargos

Sob o ponto de vista da Botânica, o espargo (Asparagus officinalis), da família das Liliáceas, é um talo de cerca de um melro de altura, que se mantém no Inverno e tem uma raiz lenhosa. Os que se compram na Primavera, por bom preço, não são mais do que os rebentos recentes de um talo de numerosos rebentos, cujo desenvolvimento inicial exige uns três anos. Composição e propriedades Tão antiga como o cultivo do espargo é a observação dos efeitos diuréticos dos renovos das raízes e daí o seu significado terapêutico. Este conhecimento tem-se mantido em todos os tempos, embora presentemente desempenhe um papel na dieta que não está limitado.

Couves

Couves

A couve (Brassica) pertence à numerosíssima família das Crucíferas (umas 1900 espécies), que compreende quase sem excepção todas as verduras. Contém numerosos óleos consistentes e enxofrados que estimulam o apetite e reforçam assecreções das glândulas, especialmente no tubo gastrintestinal. Esta planta está largamente representada em Portugal. As formas de cultivo mais comuns são a couve portuguesa, a couve galega, a couve lombarda, a couve crespa ou de Sabóia, a couve de Bruxelas, a couve-rábano, a couve-flor, o repolho, os bróculos, os nabos e as nabiças. Composição e propriedades Até hoje, infelizmente, não nos podem dizer muita coisa os químicos a este respeito. Conhece-se, porém, o conteúdo das diferentes variedades de.

Substituição de alimentos crus por cozidos

Substituição de alimentos crus por cozidos

Experiências significativas  O efeito da substituição de alimentos crus ou frescos por alimentos cozidos foi muito discutido e levou a grandes divergências e a normas de nutrição bastante extremadas e estritas. Especialmente, causaram notável impressão os ensaios sobre comida cozida, dando lugar a numerosas comprovações. Posição eclética  Não podemos deixar de reconhecer que a panela na cozinha não trouxe só males, mas também vantagens. Mediante o processo da cocção puderam aproveitar-se, pela primeira vez,numerosos produtos naturais para a alimentação humana, o que implicou uma considerável ampliação da alimentação básica. A cocção facilita ao intestino a absorção dos alimentos e evita-lhe assim parte do seu trabalho, ou é a única maneira de.

Beringela

Beringela

As beringelas {Solanum melongena) são parentes próximos do tomate. Supõe-se que a sua pátria de origem foram as índias Ocidentais e cultivam-se hoje abundantemente no Sul da Europa e nos trópicos. Características e emprego Os frutos empregam-se para saladas, ou então fritos, cortados às rodelas, recobertos ou não. A polpa, de cor amarela-esverdeada, torna-se tão suave e delicada quando é cozida ou assada que se desfaz na língua. Contem apenas algumas fibras indigeríveis e tem um aroma agradável. No que diz respeito ao conjunto da sua composição nutritiva, é bastante parecida com a abóbora. Contém 1,3% de proteínas, 0,2 % de gorduras, 4,8 % de hidratos de carbono e 92.