Normas Gerais

Normas Gerais

Normas gerais A maioria das ervas e verduras silvestres utilizadas como condimentos conservam-se em seco. Já demos normas completas para a sua colheita e conservação, quando tratámos de cada uma delas. A maioria das ervas podem secar-se muito bem, conservando a sua força como condimentos, que às vezes até aumenta depois da secagem. As plantas que vão agora ser mencionadas não servem para serem conservadas a seco ou então suportam-no muito mal e só perdendo muito da sua força como condimentos, pelo que têm de ser consumidas frescas, na medida do possível: alho de urso, borragem, agrião, cerefolho, alho-porro e alho. Todas estas ervas se conservam em lugares sombrios e.

Borragem

Borragem

A família das Borragináccas proporciona-nos como saborosa especiaria vegetal a borragem (Burrago Oficinalis). Espontânea e cultivada encontra-se em quase toda a Península Ibérica. Antes e durante a floração cortam-se as folhas à tesoura, pois só se empregam frescas como condimento ou como aditamento a uma salada. As folhas secas perdem sabor e são de conservação difícil. Cortam-se de Junho a Agosto e secam-se o mais rapidamente possível. As flores, empregadas muitas vezes como elemento decorativo, também se colhem. A sementeira faz-se na Primavera em filas; a distância entre os sulcos deve ser de 25 cm. O mais prático é fazer várias sementeiras seguidas, porque as folhas jovens são as mais.

Escarcha (conserva em açúcar)

Escarcha (conserva em açúcar)

As flores da perfumada violeta, tal como as da borragem, podem escarchar-se. As flores são lavadas, escorridas e molhadas numa solução de açúcar quente; põem-se a secar depois num papel poroso ou num prato de louça.