Vitamina B1

Vitamina B1

Designação química e função característica Aneurina. Tiamina. Vitamina antineurítica. Vitamina antiberibérica. Modo de actuar Unida a uma molécula de proteína específica a vitamina B desempenha um importante papel no metabolismo dos hidratos de carbono (carboxilase). Intervém no metabolismo dos hidratos de carbono. A sua falta produz, por exemplo, a acumulação de ácido pirúvico como substância residual no metabolismo e dá origem, por isso, ao aparecimento de graves doenças, especialmente no sistema nervoso. A vitamina B1 é, sobretudo, uma decisiva substância activa, no sistema nervoso. A necessidade do seu consumo aumenta, no sistema nervoso, consideravelmente, quando se efectua um forte trabalho muscular, com uma alimentação em que predominam, com excesso, os.

Ação das vitaminas

Ação das vitaminas

As enormes exigências orgânicas durante a gravidez e, sobretudo, durante o parto, impõem um grande consumo de vitaminas do grupo B, especialmente de vitamina B1, fator imprescindível para os processos químicos na transmissão de impulsos pelo sistema nervoso e no metabolismo muscular. O curso normal da gravidez e do parto está relacionado com a abundância de vitaminas, especialmente do grupo B e vitamina C. Na prática, está perfeitamente demonstrada a insuficiência da vitamina B e C nos casos de transtornos no parto ou de esgotamento durante o mesmo. Se, pelo contrário, se subministram grandes quantidades de vitamina, desaparece o esgotamento e as contrações são vigorosas e rítmicas, com o que.

Vitamina B2

Vitamina B2

Designação química e função característica Lactoflavina. Riboflavina. Vitamina do crescimento. Substância de protecção. Modo de actuação Na adolescência, a vitamina B2 fomenta o crescimento e o aumento de peso. Como parte constituita dos fermentos activa a respiração celular. Juntamente com outros grupos de fermentos, os fermentos que contêm vitamina B2 participam nos processos de degradação e combustão dos açúcares e proteínas. O importante conteúdo de vitamina B2 da retina faz supor a sua importância para o bom funcionamento dos órgãos visuais. Fontes naturais Levedura, grãos de cereais, legumes, frutas, queijo, ovo de galinha, leite. Necessidades diárias no homem Homem:1.6-2.6 mg Mulher:1.5-2-0 mg Durante a gravidez:uns 2.5 mg Durante a amamentação:.