Roseira Silvestre

01 Jun 2017
Comments
Roseira Silvestre

Pertence a conhecidíssima rosa silvestre (Rosa canina) à família das Rosáceas. A sua popularidade fica demonstrada pelas numerosas designações que apresenta. Tem muitas variedades, com as mesma aplicações, conhecidas com diversos nomes, conforme as regiões. A roseira silvestre ou roseira-brava forma arbustos lenhosos com grandes ramos, defendidos com espinhos torcidos em forma de anzol. É no Outono que se colhem os seus frutos. É preciso cuiiado para não se apanharem arranhões tanto nas mãos, como nos braços e na roupa. Limpam-se dos restos dos talos e das flores. Se não se consumirem frescos, devem ser estendidos numa só camada para secar. Quando estiverem secos, passada uma semana, acabam-se de secar.

Receitas para a criança

17 Abr 2017
Comments
Receitas para a criança

Receita 1: preparação ao caldo de aveia (a 4%). 20 g de flocos de aveia são postos a cozer com água fria, na quantidade de meio litro, à chama lenta, durante 1 a 1 hora e meia. Passa-se a massa formada por uma peneira fina e restitui-se a água perdida na cocção até aos 500 g com água fervida. Isto mesmo se pode conseguir, de maneira mais fácil e rápida, utilizando para a preparação do caldo de aveia os preparados de caldos artificiais. Receita 2: Preparação da água de arroz. 60g de arroz integral (nunca farinha) deixam se amolecer durante 12 horas num litro de água; põem-se a cozer, durante.

Cárie Dentaria

05 Mar 2017
Comments
Cárie Dentaria

Origem e formação das cáries A teoria da formação local da cárie data dos últimos vinte anos do século xix, quando a bacteriologia começou a imprimir o seu cunho em todas as investigações c cm todas as ideias. Trata-se da chamada teoria químico-parasitária da cárie de Miller e que, infelizmente, continua a ser a única aceite por muitos representantes da ciência. Diz esta teoria que a cárie se produz assim: os resíduos de alimentos que ficam entre os dentes (hidrocarbonatos) fermentam, produzindo ácidos. Estes privam os dentes das substâncias calcárias. O ponto enfraquecido fica exposto ao ataque das numerosas bactérias, sempre presentes na boca, que vão destruindo o dente. Se.

Os tratamentos cirúrgicos, físico e farmacológico na tuberculose

21 Fev 2017
Comments
Os tratamentos cirúrgicos, físico e farmacológico na tuberculose

O tratamento cirúrgico da tuberculose tem um campo de ação claramente delimitado que uma grande experiência tem criado. O tratamento medicinal, mediante específicos modernos que combatem os bacilos tem atingido um grande nível nos últimos anos, demonstrando que aqueles podem ser destruídos pelos remédios farmacêuticos. Estas possibilidades de cura ficam completas com o tratamento de raios solares e pelo moderno critério dietético, mediante uma alimentação integral, natural e prudente. Um método nada significa por si só, pois fica condicionado e completado por outro. Só quando a alimentação acertada estimula as forças defensivas do corpo é que os específicos antituberculosos e os raios solares ou, no seu caso, a intervenção cirúrgica,.

Deficiências alimentares como origem de abortos e deformações

07 Fev 2017
Comments
Deficiências alimentares como origem de abortos e deformações

As avitaminoses são uma das cousas primordiais no aparecimento de abortos. Unida a outras deficiências, uma insuficiente alimentação qualitativa afeta muito mais o filho do que mão, especialmente nos primeiros meses, nos quais se estão formando o coração, o cérebro, os olhos e os ouvidos do novo ser. A alimentação deficiente, juntamente com outras circunstâncias patológicas, pode ocasionar deformações ao filho no próprio seio da mãe. Toda a avitaminose existente na fase crítica do crescimento do feto pode ocasionar um atraso, uma paragem ou uma alteração no desenvolvimento normal geral ou no de um órgão determinado, assim corno situações anômalas, que depois nunca mais se corrigem. Todas estas são alterações.