Manteigas e recheios de ervas de cheiro

Manteigas e recheios de ervas de cheiro

Manteiga de ervas de cheiro 125g de manteiga, 40g de ervas de cheiro e sal a gosto. Às ervas de cheiro, finamente cortadas, misturam-se cuidadosamente com manteiga e sal. Esta manteiga de ervas de cheiro é própria para aplicar em sanduíches ou em batatas cozidas com casca. Esta manteiga de ervas de cheiro conserva-se bem num lugar frio, dura vários dias. Receita 2 – Manteiga de ervas de cheiro Misturar estragão, pimpinela e agriões ou tomilho, manjerona e manjericão ou borragem, salsa, endro, alho mourisco, limão e um pouco de salva, tudo muito bem picadinho com manteiga. Para 125g utilizam-se na receita anterior 40 g de ervas de cheiro e.

Saladas de hortaliças

Saladas de hortaliças

Salada de couve-flor Conforme o tamanho dividem-se duas couves-flores em grumos pequenos, lavam-se e cozem-se em água temperada de sal, sem chegarem a fica brandas. Deixam-se escorrer na peneira e introduzem-se brevemente num molho de escabeche, confeccionado com o sumo de um limão, 75g de azeite e pouco de sal. Salada de urtigas A folha jovem e tenra das pontas dos rebentos bem picadas podem mistura-se em pequena quantidade com outras saladas (dente-de-leão, armole, alface). Embora não melhorem o sabor, devem contudo consumir-se por causa do seu valor medicinal. Salada de agriões Os agriões devem limpar-se cuidadosamente. O melhor é deixá-los de quinze a trinta minutos em água com sal.

Assados e fiambres vegetarianos

Assados e fiambres vegetarianos

Tomates assados 200g de pão integral ou pão branco, 200 g de puré de tomate, 25 g de cebola, meio dente de alho, um punhado de ervas silvestres e de especiaria (salsa, borragem, urtiga, um pouco de salva e de artemísia), dois ovos, de 50 a 100g de manteiga, um pouco de sal e miolo de pão. Embebe-se O pão integral ou branco num puré de tomate, que deve ser o mais espesso possível e pica-se à mão ou mecanicamente com as cebolas, o alho e as ervas silvestres ou de especiaria, para se conseguir uma massa, o mais fina possível. Bate-se esta massa firmemente com os ovos, a manteiga derretida.

Massas para sopa

Massas para sopa

Grumos de ervas de cheiro Dois ovos, duas colherinhas de farinha, sal a gosto, duas colheres de ervas de cheiro. Balem-se até formar espuma as gemas de ovo, juntam-se as claras em ponto de neve, assim como a farinha, o sal e as ervas de cheiro muito pitadas; deita-se depois ludo isto na sopa fervendo, deixa-se cozer durante alguns minutos, volta-se e retira-se passados poucos minutos, partindo-se depois aos pedaços Bolas de sêmola De dois a três papo-secos, de 30 a 40 g de azeite, de um a dois ovos, sal, duas colheres grandes de ervas de cheiro. Demolham-se os papo-seco em água e espremem-se bem, mexendo depois ao lume.

Pastelaria

Pastelaria

Pastelinhos de anis 250 g de açúcar, Ires ovos, 250g de farinha, duas colheres grandes de anis. Bate-se o açúcar com o ovo, durante meia hora, juntando a farinha e o anis. Fazem-se da massa pequenos montes que se colocam numa chapa untada com gordura. Deixam-se repousar umas horas, ou mesmo durante toda a noite, levando-os depois ao forno a fogo lento. Pastel de amoras Reveste-se o fundo de uma forma com uma massa apropriada a gosto ou com a massa. Deita-se sobre ela uma camada de amoras açucaradas que se cobre com outra de massa muito fina, tendo o cuidado de deixar alguns orifícios para escape do vapor e põe-se.