Pastelaria

Pastelaria

Pastelinhos de anis 250 g de açúcar, Ires ovos, 250g de farinha, duas colheres grandes de anis. Bate-se o açúcar com o ovo, durante meia hora, juntando a farinha e o anis. Fazem-se da massa pequenos montes que se colocam numa chapa untada com gordura. Deixam-se repousar umas horas, ou mesmo durante toda a noite, levando-os depois ao forno a fogo lento. Pastel de amoras Reveste-se o fundo de uma forma com uma massa apropriada a gosto ou com a massa. Deita-se sobre ela uma camada de amoras açucaradas que se cobre com outra de massa muito fina, tendo o cuidado de deixar alguns orifícios para escape do vapor e põe-se.

Pratos de fruta fria

Pratos de fruta fria

Espuma de maçã 375g de maçã ralada a cru e com casca, misturada com sumo de limão, açúcar e claro de ovo, batendo até obter espuma. Dispõe-se em pratos ou taças de gelados. Bagas com leite ácido, iogurte ou soro de manteiga Misturam-se arandos Frescos com leite coalhado, iogurte ou soro de leite, com um pouco de pão integral ralado ou outro tipo preferido de flocos de cercais e um pouco de canela. A groselha, a framboesa e a amora podem empregar-se da mesma maneira. Isto proporciona um alimento estimulante e refrescante no Verão. Morangos com papas de noz Passam-se os morangos por uma peneira, misturam-se com o doce de noz.

Molhos

Molhos

 Receita básica para molhos de plantas silvestres 150g de ervas, 30 g de azeite, 30 a 40 g de farinha, meio litro de líquido (água ou caldo de verduras eventual mente, em parte, leite), sal a gosto. Com azeite, farinha e liquido prepara-se um molho de farinha branca, à qual se adicionam ervas de cheiro muito picadinhas, deixando-as repousar durante dez minutos. Molho de especiarias vegetais Um ovo, meio litro de leite coalhado ou soro de manteiga, sumo de limão, um pouco de açúcar e especiarias vegetais muito misturadas. A gema de ovo muto cozida, uma vez esmagada, mistura-se com o leite coalhado ou com o soro de manteiga, o.

Maioneses

Maioneses

Maionese Duas gemas de ovo cruas, três oitavos de azeite batido a frio, um pouco de sal ou pimentão, uma colher grande de sumo de limão e um pouco de estragão ou de alho ralado. Bate-se intensamente a gema de ovo num recipiente pequeno com o batedor, juntando-lhe um pouco de sal e umas gotas de sumo de limão. Junta-se depois às gotas o azeite, mexendo continuamente. Enquanto se engrossa o molho, deixa-se cair o azeite num fio fino, e vão-se acrescentando sempre algumas gotas de sumo de limão. Finalmente, tempera-se a maionese com estragão. Num batedor eléctrico, a confecção dura apenas poucos minutos. Esta maionese também serve, diluindo-a num.

Molhos doces

Molhos doces

Molho de rosa silvestre Três colheres grandes de doce de rosa silvestre, meio litro de sumo e maça ou de uva (ou meio litro de água com sumo de limão), três colheres grandes de farinha de batata. O doce de rosa silvestre dilui-se no sumo de maçã ou de uva e coze-se até ficar espesso com farinha de batata. Pode-se diluir o doce também em água, mas acrescentando sumo de limão. E muito conveniente para pudim de sêmola, arroz e pão, assim como para sanduíches, torradas, etc. Molho doce de azeda Duas colheres grandes bem cheias de farinha, um pouco de leite, duas ou três colheres grandes de azedas bem.