Pastelinhos de anis

250 g de açúcar, Ires ovos, 250g de farinha, duas colheres grandes de anis.
Bate-se o açúcar com o ovo, durante meia hora, juntando a farinha e o anis. Fazem-se da massa pequenos montes que se colocam numa chapa untada com gordura. Deixam-se repousar umas horas, ou mesmo durante toda a noite, levando-os depois ao forno a fogo lento.

Pastel de amoras

Reveste-se o fundo de uma forma com uma massa apropriada a gosto ou com a massa. Deita-se sobre ela uma camada de amoras açucaradas que se cobre com outra de massa muito fina, tendo o cuidado de deixar alguns orifícios para escape do vapor e põe-se no forno.

Receita básica para massa mole

500 g de farinha, 250 g de manteiga, 125 g de açúcar, um saquinho de açúcar, baunilha e dois ovos. Estas quantidades são suficientes para dois pedaços de torta.
A massa deve ser preparada a frio e rapidamente. Deita-se a farinha peneirada na masseira e mistura-se com manteiga, açúcar e baunilha. Trabalha-se com as duas mãos e não se deixa, muito embora a principio pareça ficar cm migas e seca. Logo que a massa ficar mole, suprime-se toda a manipulação desnecessária, para se poder estender bem. Deixa-se repousar durante uma hora e vai-se utilizando a medida que vai sendo necessária. A massa contém bastante gordura, relativamente. A água da massa, quando se evapora, umedece e esponja o pastel.

Amendoados de rosa silvestre

Uma clara de ovo, 60 g de germes de trigo ou de noz e amêndoa ralada, 60 g de açúcar, duas colheres grandes de puré de rosa silvestre ou 30g de sêmola grossa. Bate-se a clara em ponto de neve e amassam-se com ela germes de trigo, puré de rosa silvestre e sêmola. Põem-se montinhos de massa sobre uma obrei-a ou uma chapa untada de gordura e levam-se ao forno a fogo lento.

Pastel de arandos

Sobre uma massa de leveduras ou sobre qualquer outra do pastel que se preferir, estendida, põem-se os arandos numa camada bastante grossa e leva-se ao forno. Só depois da cocção é que se polvilham os arandos com açúcar, pois caso contrário produzem muito sumo.

Bolachas de semente de linho e cominhos

250g de flocos de aveia, 20g de semente de linho. 2S0g de farinha integral, 60 g de azeite batido a frio, cominhos à descrição, um pouco de sal, uma colherinha de açúcar e outra de pó de lêvedo.
Os flocos de aveia e a semente de linho demolham-se, de seis a oito horas, amassando-se depois com os demais ingredientes. Estende-se a massa numa camada delgada, corta-se cm forma de biscoitos que se levam ao forno a fogo lento.

Torta de cenoura

300 g de cenoura crua ralada, 300 g de amêndoas ou avelãs raladas, seis ovos, 250 g de açúcar, 50 g de farinha de batata, meio pacote de levedura, meia colherinha de canela, sumo e casca de um limão.
Mistura-se o açúcar com a gema de ovo até formar espuma, junta-se-lhe então a cenoura e torna-se a bater energicamente durante dez minutos. Vão-se depois acrescentando gradualmente os outros ingredientes e finalmente a clara batida em ponto de neve, enchendo com tudo isto uma forma bem untada de gordura; leva-se a forno lento durante uma hora aproximadamente.

Torta de noz

Quatro ovos. 250 g de açúcar, 200 g de avelãs raladas, 50 g de
sêmola e casca de limão ralada.
Batem-se as gemas com o açúcar, durante um quarto de hora, até fazer espuma. Depois vão-se acrescentando gradualmente as avelãs raladas, as sêmolas e a casca de limão ralada. No final, junta-se-lhe cuidadosamente a clara de ovo batida em ponto de neve. Polvilha-se com miolos de pão ralado a forma untada de gordura, a qual vai ao forno durante aproximadamente uma hora.

Pastéis de frutas

Um quilo de frutas, 50 g de pão integral ralado, 30 g de manteiga, açúcar á descrição e 30g de nozes ou amêndoas trituradas.
Cobre-se o fundo de uma forma com massa mole. Prepara-se depois a fruta. Lavam-se e limpam-se as bagas, deixando escorrer num coador e polvilhando-as com açúcar. Tiram-se-lhes os caroços e deita-se açúcar nas cerejas e nas ameixas.
Descascam-se as maçãs, partem-se aos pedaços e encham-se de açúcar.
Se as frutas tiverem muito sumo, recobre-se o fundo do pastel com miolos de sêmola ou com flocos de cereal. Distribui-se depois a fruta na torta, polvilha-se o pão integral, ralado, misturado com açúcar e amêndoa ou noz, juntam-se-lhe pedacinhos de manteiga e leva-se ao forno até ficar muito doirado.

Pastelinhos do requeijão

500g de farinha. 120g de açúcar, 60g de manteiga, dois ovos, um oitavo de litro de leite, um quarto de pó de levedura, sal a gosto, sumo e casca de limão.
Recheio: um quilo de requeijão, 250g de açúcar, 250g de passas de Corinto, meio limão, 12 g de farinha de batata e 125 g de açúcar.
Com a farinha, o açúcar, os ovos e os demais ingredientes prepara-se uma massa branda, estende-se, corta-se aos quadrados, cobrem-se estes com o recheio e fecham-se, dobrando-os ao meio. As bordas devem ficar bem apertadas, enchendo depois os pastelinhos com leite e ovo e levando-os ao forno.
Para preparar o recheio, bate-se o requeijão até ficar espumoso e juntam-se-lhe as passas de Corinto e os restantes ingredientes.

Carne de marmelo

Prensa-se o puré de marmelo, passa-se por um coador e põe-se a cozer numa vasilha grande e baixa, a fogo vivo, com 800 g de açúcar por cada quilo de fruta, até que mantenha de pé uma colher. Durante
todo o tempo da cocção há que remexer energicamente. Depois de temperar com óleo de rosa ou sumo de limão, coloca se numa tábua ou numa travessa de porcelana, e depois de estar fria e seca, recorta-se com formas diversas ou aos cubinhos. Os pedaços obtidos podem ser recobertos de açúcar grosso. Muitas donas de casa acrescentam groselha para obter um sabor mais amargo.

Pastel de arandos encarnados

500 g de arandos, um copo de água. 200 g de açúcar. 30 g de manteiga, 50 g de nozes ou de amêndoas raladas, dois ovos, duas colheres grandes de farinha.
Cozem-se os arandos encarnados com água e açúcar. Bate-se a manteiga com as amêndoas ou nozes raladas, os ovos e a farinha. Juntam-se-lhes depois os arandos cozidos e enche-se uma torta de massa mole.
Cobre-se depois com uma tampa de massa muito fina, na qual se fazem orifícios. Rega-se com leite e leva-se ao forno.

Comentários