Vitamina B6

Vitamina B6

Modo de actuação A vitamina B6 é um factor necessário no metabolismo das proteínas e, por conseguinte, no geral das células. Considera-se  geralmente, como reguladora do metabolismo dos tecidos hepáticos, do sistema nervoso e da pele. Para muitos animais microscópicos, bactérias e leveduras, actua como factor de crescimento e nos ratos,  como factor que impede as inflamações cutâneas. Fontes naturais Leveduras, cereais, legumes verdes, leite, gema de ovo. Necessidades diárias no homem Ainda não suficientemente conhecido; aproximadamente, 2-4 mg; U.I ainda sem determinar. Fenómenos produzidos pela falta de vitamina Ao passo que nos animais se conhecem características de carência (sintomas cutâneos nos ratos, cerebrais, nervosos e de anemia em cães.

Vitamina A

Vitamina A

Denominação química Axerftol Função característica Vitamina de protecção epitelial, anti-infecciosa e antixeroftálmica Modo de actuação Para o estado e função normais da pele, mucosas e outras células de revestimento das glândulas salivares. Protege o fígado. É provável a sua considerável influência no desenvolvimento corporal. Fontes naturais Nas plantas como provitaminas (carotenos). As principais fontes vegetais de vitamina A são: • Favas • Cevadas • Laranjas As fontes animais são: • Óleo de fígado de bacalhau • Manteiga • Gema de ovo • Leite completo • Nata • Queijo Necessidades diárias do homem Adultos: 5000 U.I (Unidades Internacionais) aproximadamente 6000 U.I na gravidez, aproximadamente 8000 U.I na amamentação, aproximadamente Crianças: Menos.

Vitamina D/ D3

Vitamina D/ D3

Denominação química Calciferol A vitamina D3 é a provitamina natural que antigamente se denominava «vitamina D». A vitamina D3 é um produto de irradiação do 7-dehidro-colestrol. A vitamina D2 ou calciferol é um produto de irradiação do ergosterol. Função característica Vitamina anti-raquítica. Modo de actuação Regula o metabolismo do fósforo e do cálcio. Melhora, essencialmente o metabolismo do cálcio e permite a formação do complexo de cálcio-fósforo, necessário para a ossificação normal. Fomenta o desenvolvimento. Também devem corresponder ás vitaminas D outros efeitos, até agora desconhecidos. Já se conhece a sua relação com a glândula paratiróide que regula sobretudo o metabolismo. Fontes naturais Em óleo de fígado de peuixes (emulsºoes.

Factor PP

Factor PP

Designação química e função característica Nicotinamida. Factor antipelagroso. Modo de actuação Como as vitaminas B1 e B2, constitui o acido nicotinico um elemento constitutivo de importantes fermentos, transportadores de hidrogénio, que intervém na composição e decomposição dos hidratos de carbono, dos álcoois e dos ácidos gordos. O ácido nicotínico e a nicotinamida participam, além disso, na formação do sangue e tornam-se imprescindíveis para a função normal dos órgãos digestivos, do sistema nervoso e da pele. Para muitos seres minúsculos vivos, especialmente as bactérias, é esta vitamina um factor de crescimento imprescindível. Fontes naturais Levedura, cereais, fruta, legumes. Necessidades diárias no homem Homem: 12-18 mg Mulher: 10-15 mg Durante a gravidez:.

Vitamina B1

Vitamina B1

Designação química e função característica Aneurina. Tiamina. Vitamina antineurítica. Vitamina antiberibérica. Modo de actuar Unida a uma molécula de proteína específica a vitamina B desempenha um importante papel no metabolismo dos hidratos de carbono (carboxilase). Intervém no metabolismo dos hidratos de carbono. A sua falta produz, por exemplo, a acumulação de ácido pirúvico como substância residual no metabolismo e dá origem, por isso, ao aparecimento de graves doenças, especialmente no sistema nervoso. A vitamina B1 é, sobretudo, uma decisiva substância activa, no sistema nervoso. A necessidade do seu consumo aumenta, no sistema nervoso, consideravelmente, quando se efectua um forte trabalho muscular, com uma alimentação em que predominam, com excesso, os.