Não vamos falar aqui da obesidade causada evidentemente pela inatividade e superalimentação, isto é, devida à falta de movimentos e ao consumo excessivo de alimentos ricos em gorduras e que portanto, só se pode corrigir mediante mais trabalho corporal e mais parca alimentação. As nossas reflexões vão mais dirigidas para os numerosos enfermos que, apesar de realizarem um forte exercício físico e comerem pouco, acumulam, contudo, quantidades molestas de gordura.

Comentários