Cárie Dentaria

Cárie Dentaria

Origem e formação das cáries A teoria da formação local da cárie data dos últimos vinte anos do século xix, quando a bacteriologia começou a imprimir o seu cunho em todas as investigações c cm todas as ideias. Trata-se da chamada teoria químico-parasitária da cárie de Miller e que, infelizmente, continua a ser a única aceite por muitos representantes da ciência. Diz esta teoria que a cárie se produz assim: os resíduos de alimentos que ficam entre os dentes (hidrocarbonatos) fermentam, produzindo ácidos. Estes privam os dentes das substâncias calcárias. O ponto enfraquecido fica exposto ao ataque das numerosas bactérias, sempre presentes na boca, que vão destruindo o dente. Se.