Conserva em azeite

Conserva em azeite

É possível conseguir a conserva de ervas também em azeite. Para isso são bons todos os condimentos de folha e raiz, separadamente, em determinadas misturas. As ervas, depois de bem lavadas e escorridas, picam-se e colocam-se soltas em garrafas pequenas ou frascos. Deita-se-lhes depois azeite puro até que as ervas fiquem ensopadas e recobertas. As garrafas fecham-se com rolhas de cortiça, celofane e cápsulas de borracha.

Erva-Cidreira

Erva-Cidreira

A melissa ou erva-cidreira (Melissa officinalis) pertence às Labiadas e encontra-se cultivada e subespontânea em todo o Portugal, sobretudo em terrenos montanhosos e nos bosques. Precisa de um lugar protegido, não muito seco, e de um solo nutritivo. A reprodução pode fazer-se mediante a semente em alfobres ou por espeques de raiz. São precisos de dois a cinco gramas de sementes para 100 metros quadrados de terreno. A germinação dura quase quatro semanas. Os rebentos novos plantam-se à distância de 30 X 40 centímetros. A plantação deve renovar-se de cinco em cinco anos. Antes de dar flor e em tempo seco e quente, cortam-se-lhe as folhas. Fazendo-o com frequência multiplica-se-lhes.

Alho

Alho

O alho (Allium sativum), pertencente à família das Liláceas, procede da Europa Meridional e do Oriente. É planta de cultivo antiquíssimo e já gozava de consideração na antiga medicina indiana. Composição e Propriedades Em toda a planta e na proporção de 0,005 a 0,009 % apresenta-se o óleo essencial enxofrado do alho com 6 % de alilpropilbisulfureto, 60 % de aliltrisulfureto e pequenas quantidades de aliltetrasulfureto. Estas combinações de enxofre são a causa da eficácia do alho o elemento activo mais importante foi descoberto há poucos anos, em 1944, como substância oleaginosa e foi chamada alicina. Esta produz um cheiro forte e possui uma forte acção bactericida. Em 1947 conseguiu-se.