Causas produtoras do cancro

Celular e Cancer 300x300 - Causas produtoras do cancro

Entre essas causas conhecemos o alcatrão como fator provocador de cancro em diversos grupos profissionais, como limpa-chaminés, operários que trabalham com pez e asfalto, pescadores, cordoeiros, fogueiros c tecelões de algodão. A este respeito temos de citar o alcatrão do tabaco como causa do cancro. O cancro da laringe é devido em 95 % dos casos ao cancro do fumador, e de 80 a 90 % de todos os casos de cancro bronquial encontram-se em fumadores.
Também entre as combinações químicas da anilina se encontram numerosas matérias que provocam o cancro, entre elas o corante azoico chamado vermelho escarlate, que também se contém no anuncio da manteiga, que durante muito tempo se empregou na coloração artificial, tanto da manteiga como da margarina. Sabe-se, hoje, que pode provocar o cancro no fígado e na vesícula. Outras combinações de anilina produzem cancro de bexiga.
O arsênico é, igualmente, uma matéria que deve ser manipulada em todas as suas combinações com o maior cuidado. O cancro de arsênico é frequente entre os operários que estão em contacto com corantes de arsênico, minerais arsênicos e insecticidas.
Entre as combinações de benzol que a técnica emprega com frequência extraordinária, encontram-se os principais agentes do cancro. Felizmente, a nossa alimentação raríssimas vezes os contém.
Já de há muito que se sabe, também, que todas as radiações de comprimento de onda mais curto que a luz visível provocam o cancro. É assim que nascem devido ao efeito prolongado e intenso de radiações ultravioletas o cancro da luz nos camponeses e nos marinheiros, o cancro de raios X nos médicos e noutras pessoas frequentemente a eles expostas, e o cancro de pulmão nos operários de minas dc rádio, expostos muito tempo às suas emanações.

Comentários