Castanhas

IN33830013 300x300 - Castanhas

O castanheiro (Castanea vesca) é frequente na Península Ibérica, tanto em Portugal como na Espanha.

Composição

É característico o elevado conteúdo em hidrocarbonatos, sobretudo na forma de açúcar facilmente solúvel. O conteúdo de proteínas corresponde aproximadamente ao dos cereais e, como nestes, não é todo ile grande valor. O conteúdo de gordura e minerais é também aproximadamente o mesmo que o dos cereais. As vitaminas do grupo B estão presentadas com abundância e as outras escasseiam ou faltam em absoluto. Entre os minerais destaca-se o potássio e o fósforo.

Assando ou cozendo a castanha, desaparece o seu sabor áspero, que só permite consumi-las cruas em pequena quantidade e converte-as em brandas, farinhentas, saborosas e digeríveis.

Valor dietético

São boas as curas de engordar e, por carecerem de sal, para os doentes de coração, circulação e rins. Os diabéticos têm que ter em conta o elevado conteúdo de hidratos de carbono, para não se excederem as quantidades autorizadas. É muito importante a farinha de castanhas pela sua fácil digestão para doentes, crianças anémicas e anciãos sem dentes. Retiram-se primeiramente com uma faca as cascas duras, pondo depois as castanhas em água muito quente, mas sem ferver; alguns momentos depois, solta-se com facilidade a pele interior; lavam-se seguidamente em água fria e deixam-se secar. Finalmente, passam-se por um pequeno moinho de café graduado para moer em grosso, ou por um misturador eléctrico. A farinha que assim se obtém presta-se para fazer uma excelente sopa.

Comentários