Óleo de linho

Óleo de linho

O linho (Lifium usitatissimum) é uma planta de antiquíssima cultura, que já era cultivada na velha Babilónia. Também nas sepulturas egípcias se têm encontrado sementes de linho. Parece que os Egípcios não só aproveitavam a planta por causa das sémentes ricas em óleo, como também chegaram a descobrir a confecção de fibras e de tecidos de linho, atingindo uma grande perfeição. Composição O óleo de linho (Oleum lini), obtido das sementes por compressão a frio, contém os glicéridos sólidos e fluidos dos ácidos palmítico, esteárico, mirístico, araquidónico, oleico, linólico, linoleico e isolinoleico, além de cera, resina, sal e compostos proteicos; possui numerosos efeitos curativos. Efeitos terapêuticos O óleo gordo combinado.

Utilização das massas de cereais

Utilização das massas de cereais

Massa fresca de cereais (pequeno-almoço Kollath). Tomam-se, por pessoa, uns 50 g de trigo triturado fresco (3 colheres grandes), 5 colheres grandes de água, 15 g de frutos secos doces, 100 g de maçã ou de outra fruta madura fresca, 10 g de amêndoas frescas moídas ou uma colher pequena de doce de noz ou uma colher grande de nata. Mói-se o trigo em flocos todas as tardes com um moinho de cereais ou de café; dissolve-se em 5 colheres grandes de água e deixa-se repousar durante a noite (à temperatura da casa). Ao mesmo tempo põem-se de molho as frutas secas. Preparação: de manhã, misturam-se os frutos secos com.

Valor terapêutico dos óleos de gérmen

Valor terapêutico dos óleos de gérmen

Os óleos de consumo corrente, de cor clara e sabor absolutamente normal, sob o ponto de vista da nutrição natural são alimentos desvalorizados, pois já passaram por uma série de processos químicos que lhes fizeram perder a sua eficácia natural de protecção. Estes óleos só chegam ao comércio depois de haverem sido desacidulados, desaromatizados e neutralizados. Ficam, portanto, privados das suas características naturais sob o ponto de vista alimentar, convertendo-se em simples fontes de calorias. Os óleos de gérmen cereal não só são portadores de calorias como também de ácidos gordos de grande eficácia biológica. Os óleos de gérmens cereais possuem, portanto, ainda mais que o gérmen de trigo propriamente.

Cogumelos

Cogumelos

Características Botanicamente considerados, os vegetais chamados cogumelos ou fungos são o aparelho frutificado de uma raiz de crescimento quase sempre subterrâneo, que representa na realidade a verdadeira planta e que tecnicamente se chama micélio. Deste nascem, como rebentos, os cogumelos. Podemos compará-los, em grandes traços, com os frutos dos arbustos das árvores. Como as algas, os líquenes e os musgos, também os cogumelos pertencem às Criptogâmicas. Os seus órgãos de reprodução chamam-se esporos. Os cogumelos apresentam-se em numerosas variedades e classes. Não podem alimentar-se, como as plantas verdes, de substâncias orgânicas obtidas com a ajuda da clorofila a partir da água, os sais inorgânicos do solo e o ácido carbónico.

A massa de cereais é mais valiosa que o pão

A massa de cereais é mais valiosa que o pão

Desde há algum tempo a esta parte que se está lembrando o valor da massa de cereal, por se haver provado que as populações consumidoras de pão sofrem de mais cáries dentárias do que as que tem como base da sua alimentação a massa cereal. É assombroso verificar que já por si a maioria dos seres humanos preferem a massa. A massa, que geralmente se prepara com leite, tem a valiosíssima característica de compensar a insuficiência dos cereais em cálcio e vitamina A e C. O máximo valor nutritivo é alcançado sem dúvida por uma mistura de grãos, porque assim se completam com os seus efeitos todas as distintas variedades.