Excesso de gorduras animais

31 Out 2016
Comments
Excesso de gorduras animais

Gorduras «refinadas»  O abandono dos azeites vegetais tem tido, como consequência, graves males, o que nos deve obrigar a prestar a maior atenção a uma sã alimentação com as gorduras. Os adultos necessitam, diariamente, de 50 a 80g de gordura. Esta quantidade preenche-se, geralmente, com manteiga, gordura de carne, gordura vegetal consistente (azeite, óleo de coco, de palma) e margarina. São todas elas gorduras «consistentes»; sob o ponto de vista químico muito saturadas é, por isso, difíceis de transformação nos processos metabólicos. Pressupõem o perigo de se irem depositando, inconvenientemente, nas camadas inferiores da pele, sendo, assim, a origem da obesidade. Todos os azeites fluidos considerados quimicamente são mais ou menos.

Endro

13 Out 2016
Comments
Endro

O endro (Anethum graveolens) pertence à família das Umbelífcras. Encontra-se cultivado e espontâneo em campos e vinhedos do Centro e Sul de Portugal. As plantas têm muita semelhança com o funcho. É possível o cultivo em toda a espécie de terrenos de horta, dada a falta de exigências desta planta para se desenvolver. A germinação apresenta-se na segunda ou terceira semana, com capacidade germinativa ate 80%. É melhor semear várias vezes sucessivamente a partir de Abril, para dispor sempre de folhas frescas de endro. O endro não suporta a transplantação. Pouco antes da floração, arranca-se toda a planta do solo e dependura-se para secar. Os frutos (sementes) colhem-se directamente das.

Alcachofras

09 Out 2016
Comments
Alcachofras

Com o nome de alcachofras designam-se as cabecinhas floridas verdes e ainda incompletamente desenvolvidas de uma espécie de cardo (Cynara cardunculus L. ssp. Scolymus), pertencente à família das Compostas, que se cultiva em toda a bacia do Mediterrâneo, mas especialmente na Espanha e na França. Não há dúvida de que os povos do Mediterrâneo já usavam há séculos como alimento esta planta no estado silvestre, devido às suas qualidades nutritivas, às suas brácteas e aos seus receptáculos carnudos. Composição e propriedades Na análise das substâncias que compõem as cabecinhas, encontrou-se inulina, açúcares, tanino e os fermentos inulase, invertase e coalho. Entre as vitaminas encontram-se em 100 g de substancia fresca:.

Rábano

07 Out 2016
Comments
Rábano

Alem do rábano silvestre, a família das Crucíferas ainda nos oferece o rábano (Raphamis sativus). Como país aborígene deve considerar-se provavelmente a Ásia e como planta originária a mostarda silvestre. É raro apresentar-se no estado natural e desde há séculos que se vem cultivando. Propriedades e aplicações O rábano contem os mesmos elementos activos que os seus semelhantes: o rábano silvestre, o agrião e a cocleária. Tal como o rábano silvestre, o rábano vulgar estimula a função das glândulas digestivas, o que tem como consequência abrir o apetite. O seu emprego está indicado nos catarros do aparelho digestivo. Há que salientar também o excelente efeito, sobretudo o do suco de.

Groselhas Negras

05 Out 2016
Comments
Groselhas Negras

Tal como a groselheira vermelha também a groselheira negra (Ribes nigrum) pertence à família das Saxifragáceas. O arbusto atinge dois metros de altura e cresce em toda a Europa setentrional. Composição As groselhas negras são sobretudo verdadeiras fontes de vitamina C; contêm desta vitamina, em cada quilo, 1600 a 2000 mg fazendo assim concorrência a outros portadores da mesma vitamina mais conhecidos, como sejam os limões e as laranjas. Além da vitamina C, contêm outros elementos de eficácia semelhante ao daquela, como citrina (vitamina P) e rulina, às quais se atribui um efeito de reforço dos vasos sanguíneos e defesa contra infecções. Também tem, além disso, um elevado conteúdo de.