O sono é o melhor alimento para os nervos

O sono é o melhor alimento para os nervos

Desde os tempos mais remotos que a humanidade conhece o enorme benefício de um sono reparador e, desde aquelas longínquas eras, os médicos se têm preocupado, no decorrer dos séculos, no sentido de que os seus doentes desfrutem desse benefício, pois constitui uma premissa iniludível para a sua saúde. Por isso, não pode ser motivo de surpresa o facto de os soporíferos constituírem um elemento essencial da farmacopeia médica, assim como da medicina popular, em muito diversas formas. Mas precisamente a diversidade de remédios de tantos reclames deve causar-nos reparos. De facto, quando maior for a abundância de remédios, em maior grau surge a suspeita de que nenhum deles é.

Leite «a metade» e «a três quartos»

A diluição do leite, a metade, na preparação de papas, com a adição de 5 % de açúcar, faz-se misturando 400 g de leite, 400g de matéria empregada para a papa e 40 g de açúcar, amplamente empregada nos primeiros três meses. Tem, contudo, o inconveniente de ser pobre em gorduras e aminoácidos essenciais, como o triptófano, pelo que este leite «a metade» se dá apenas durante o primeiro mês, sendo substituído desde o começo do segundo pelo «leite a três quartos», constituído por 400 g de leite. 200 g de papas de farinha, 30 g de açúcar, ou 42 g de mel. A regulamentação das quantidades a empregar depende.

A alimentação dos psicópatas

A alimentação dos psicópatas

A vitamina B6 e o ácido glutâmico, bem conhecidos como elementos essenciais na formação de proteínas, conseguem efeitos curativos nos doentes mentais (psicopatas) pela sua função desintoxicadora no metabolismo cerebral. Conhecem-se atualmente experiências muito a favor da existência de um metabolismo defeituoso, inclusivamente na esquizofrenia. O nutricionista (da Secção de Investigações de Psiquiatria do Departamento de Saúde do Canadá), pôde observar em animais sintomas de intoxicação com injeção de soro de esquizofrênicos. Sabe-se, além disso, que a vitamina B6 e o ácido glutànico desintoxicam produtos metabólicos intermédios do metabolismo encefálico, como, por exemplo, o amoníaco, e podem melhorar ou inclusivamente curar o brusco e considerável aparecimento da fadiga, a indecisão,.

Leite

Leite

Importância quantitativa do leite como alimento Alguns números permitem uma vista geral da enorme importância do leite na economia nacional. Em Portugal o consumo médio anual dos principais alimentos animais por habitante é o seguinte (1970): Leite…………………………………………………………………………………………………. 46,7 Carne……………………………………………………………………………………………….. 30,5 Peixe………………………………………………………………………………………………… 37,1 Ovos………………………………………………………………………………………………….. 3,9 Queijo……………………………………………………………………………………………….. 2,7 O leite figura quantitativamente em primeiro lugar entre os alimentos animais. Exerce a máxima influência no estado alimentar e sanitário da população. Por isso o fornecimento de leite é de decisiva importância. Não há dúvida de que o leite constitui um alimento básico geral e de que é um alimento universal dos mais importantes, porque contém, como nenhum outro produto natural, todas as matérias.

Cebolas

Cebolas

A apreciadíssima cebola (Allium cepa) pertence à família das Liliáceas. Como o seu emprego se generalizou bastante, tem vários nomes populares. Procede do Oriente (Ásia Ocidental) e cultiva-se muito na Europa. Composição e propriedades Tal como o alho, também a cebola contém principalmente óleo essencial com enxofre, que se encontra fazendo parte de diversas combinações orgânicas. Conhecemos hoje o importante papel dos compostos orgânicos do enxofre, especialmente nas sulfamidas que, com a penicilina, constituem o meio mais eficaz para combater as enfermidades infecciosas. Mas é também muito importante o teor da cebola em compostos de sulfocianeto, fósforo, flúor, potássio, ácido silicílico, secretina, glicoquinina e vitaminas B e C. O conhecido.